Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
4/10/21 às 16h37 - Atualizado em 18/10/21 às 16h32

Rematrículas abertas nos Centros Olímpicos e Paralímpicos de Samambaia, Riacho Fundo e São Sebastião

Saiu no Diário Oficial do Distrito Federal (DODF) desta segunda-feira (4) o edital de rematrícula dos Centros Olímpicos e Paralímpicos (COPs) de Samambaia, Riacho Fundo e São Sebastião, que estabelece regras gerais para o funcionamento do processo de inscrições de alunos que já faziam parte do banco de dados das respectivas unidades esportivas, em fevereiro de 2020, início da pandemia de covid-19. Entre 8 e 19 de outubro, os interessados podem efetivar a primeira parte do cadastro no site da Secretaria de Esporte e Lazer (SEL).

 

O aluno deverá informar, no formulário de inscrição, o horário mais próximo da turma que estava matriculado até a suspensão das atividades em decorrência da pandemia, já que as grades horárias sofreram alterações devido à nova formatação do programa. Inicialmente, para cumprir os protocolos de segurança, as atividades ocorrerão com 50% do número total de alunos previstos. Esse quantitativo amplia em até 20% quando determinada modalidade ou atividade puder ser realizada com o distanciamento necessário.

 

A secretária de Esporte e Lazer, Giselle Ferreira, celebra o retorno às atividades presenciais em mais três Centros Olímpicos e Paralímpicos. “Desde o início da gestão atual, trabalhamos para oferecer espaços esportivos com toda a qualidade e segurança. Já há unidades funcionando em sua plenitude e, em breve, essa será a realidades de todos os COPs. A prática de atividade física se mostrou fundamental e nós, como representantes do governo na área esportiva, trabalhamos uma série de políticas públicas para o setor”, destaca chefe da SEL.

 

O aluno que não quiser retornar às atividades devido ao contexto da pandemia deverá realizar todo o procedimento de rematrícula normalmente, para assegurar a sua vaga, e, após a conclusão do processo, terá a oportunidade de manifestar a opção de não participar das atividades, sem ter a sua matrícula cancelada. Já os que optarem em retornar as atividades, precisam respeitar todos os protocolos de segurança.

 

Finalizado o processo de rematrícula, as informações apresentadas pelos alunos ou representantes legais passam por análise da área técnica. Em seguida serão convocados para a apresentação da documentação para nova avaliação. Com a divulgação da lista provisória há o prazo para fase de recursos, divulgação dos recursos e da lista definitiva dos alunos rematriculados. Essa última etapa está prevista para acontecer em 6 de novembro de 2021.

 

Alunos ou representantes legais sem acesso à internet ou ao sistema de rematrícula poderão comparecer ao seu COP, de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 14h às 18h, para solicitar auxílio de um servidor para efetivar o cadastro de inscrição. Já o aluno com deficiência realizará o cadastro normalmente e, posteriormente, passará pela avaliação de uma equipe multidisciplinar que o encaminhará para a turma mais compatível com a sua deficiência.

 

Rematrículas A PARTIR DE 8 DE OUTUBRO AQUI

 

ASCOM/SEL