Governo do Distrito Federal
Maria da Penha ONLINE Governo do Distrito Federal
14/07/23 às 15h52 - Atualizado em 15/07/23 às 14h36

GDF entrega o 20º campo sintético no ano

Equipamento foi liberado para a comunidade da QR 206 de Samambaia nesta sexta-feira (14)

 

O Governo do Distrito Federal (GDF) já reformou ou construiu 20 campos sintéticos em 2023. A 20ª entrega ocorreu nesta sexta-feira (14), em Samambaia, e mais quatro campos serão construídos ainda este ano.

O 20º campo sintético entregue nesta sexta-feira foi reformado em parceria com o programa RenovaDF, da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda, e foi elogiado pela governadora em exercício Celina Leão | Foto: Renato Alves/Agência Brasília

 

O anúncio foi feito durante visita da governadora em exercício Celina Leão a Samambaia. Os quatro novos campos vão ser construídos no Taquari, Paranoá, São Sebastião e na Feira do Produtor, em Ceilândia. Somando todas as estruturas, a Secretaria de Esporte e Lazer espera chegar até o fim do ano com 40 campos reformados ou construídos.

 

“Esse governo acredita no esporte e demonstra, com ações efetivas, como a inauguração desse campo aqui hoje, e a regulamentação da Lei do Esporte”
Celina Leão, governadora em exercício

 

O desta sexta-feira está entre os reformados em parceria com o programa RenovaDF, da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda, e foi elogiado pela governadora em exercício Celina Leão. “Esse governo acredita no esporte e demonstra, com ações efetivas, como a inauguração desse campo aqui hoje, e a regulamentação da Lei do Esporte”, disse. Ainda durante o evento, Celina Leão entregou material esportivo para alunos de escolinhas de futebol.

 

Parceria com o RenovaDF

 

Cinquenta alunos do Renova DF atuaram na reforma do campo sintético. O espaço de lazer e desporto tem área total de 1.800 metros e é muito aproveitado pelos moradores da região.

“Chegamos a 20 campos sintéticos entre manutenção e construção e queremos chegar até o final deste ano com 40 campos. Sabemos da importância e o quanto o esporte é importante na vida de crianças, jovens e adultos que utilizam esses campos”, acrescentou o secretário interino de Esporte e Lazer, Renato Junqueira.

 

‌O espaço foi totalmente repaginado: houve a limpeza e desobstrução do sistema de drenagem do campo, limpeza da área ao redor do campo, correção do piso, substituição do gramado, e recuperação do alambrado com solda e pintura. A reforma ocorreu em três meses, de fevereiro a maio.

 

O técnico em refrigeração Riquelme Coimbra, 21, é um dos jovens que aproveita o espaço reformado. Apaixonado por futebol e com o sonho de um dia jogar profissionalmente, ele organiza treinos com crianças e adolescentes da região. “Essa reforma nos ajudou muito. Antes, algumas partes do campo estavam faltando, tinham buracos. Um espaço bom assim incentiva a gente a buscar nossos sonhos, vir praticar um esporte”, diz.

‌Segundo o vigilante Paulo César Mendes, 53, a reforma era uma demanda antiga da população. “Foi um benefício muito bom para essa parte da cidade. Esse campo esperava a reforma há muitos anos”, conta. “Era um campo todo degradado, e agora ficou uma maravilha”.

 

‌Moradora da QR 206 há quase 20 anos, a dona de casa Marli Viana, 44, afirma que, antes da reforma, não permitia que os filhos brincassem no local. Agora, é diferente. “Deixo minha filha vir brincar, porque virou um ambiente seguro”, diz. “Mas, se a gente não cuidar, daqui a pouco estará tudo destruído de novo. O governo tem que fazer a parte dele, mas a gente também tem que fazer a nossa.”

 

‌Filha de Marli, a pequena Alice Vitoria Viana, 7, aproveita o imenso tapete verde para diversas brincadeiras, entre elas, testar acrobacias. “Gosto de correr, brincar, chamo minhas amigas para vir aqui ficar comigo. E às vezes fico treinando para fazer estrelinha”, conta.

 

‌O programa

 

O RenovaDF é gerido pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda (Sedet), com convênio com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial do DF (Senai-DF). Lançado em maio de 2021, o programa oferta qualificação profissional na área de construção civil, com técnicas de jardinagem, de alvenaria, de pintura e de instalações elétricas, além de noções básicas de serralheria. Todo o conhecimento é colocado em prática nos equipamentos públicos das cidades.

 

‌Cada edição do curso tem carga horária de quatro horas diárias, de segunda a sexta-feira. São oferecidos um salário mínimo mensal, vale-transporte, lanche, além de uniforme e equipamento de proteção individual. Mais de 11 mil alunos já se formaram por meio da iniciativa.

‌As inscrições para novos ciclos do programa são divulgadas no site da Sedet.

 

Agência Brasília