Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
28/10/21 às 17h01 - Atualizado em 29/10/21 às 11h27

Primeiro campeonato de queimada do DF reúne 360 atletas

Com 12 equipes de homens e 12 de mulheres a disputa será realizada nos sábados e domingos de novembro, em Samambaia Norte

 

Começou a temporada de uma das atividades mais populares da infância de várias gerações. A partir deste fim de semana, inicia o 1º Campeonato Brasiliense de Queimada (CBQ), no Sest Senat de Samambaia Norte, com disputas sendo realizadas aos sábados e domingos do mês de novembro, com a participação de 360 atletas, entre 16 e 45 anos.

 

A Secretaria de Esporte e Lazer (SEL) apoia a iniciativa, que promove o olhar coletivo com foco no desenvolvimento físico, psicológico e social do participante. Em dezembro do ano passado, o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, sancionou uma lei que oficializa o jogo de queimada como modalidade esportiva na capital federal.

 

Desde então, a pasta do Esporte se colocou à disposição de atletas da modalidade para colaborar com o seu desenvolvimento. “É uma modalidade que faz parte do imaginário do brasileiro, além de inclusivo, já que permite a adesão de pessoas de diversas faixas etárias”, completou a secretária da SEL, Giselle Ferreira.

 

O formato do torneio funciona com 12 equipes de homens e 12 de mulheres, que se enfrentam separadamente em seu naipe, sem disputas mistas, e acumulam pontuação geral. As oito equipes melhor colocadas se classificam para as quartas de final, que dá início ao sistema mata-mata. Todas as partidas se definem em uma melhor de três. Além dos atletas, 72 integrantes compõem as comissões técnicas dos times, que conseguiram a vaga pelo ranqueamento local.

 

“A queimada, ao longo dos anos, tem crescido de forma significante nas áreas administrativas e o surgimento de diversos times profissionais motivou a busca por uma competição de maior peso e referência para a capital do país. E o CBQ 2021 é pioneiro como a competição mais robusta que o público da queimada já presenciou e com a ideia de, anualmente, coroar o campeonato do DF entre todos os times”, destaca o coordenador-geral do evento, Daniel Câmara.

 

De acordo com o estabelecido pelo Governo do Distrito Federal (GDF), as partidas podem contar com até 20% da capacidade. Mas também serão transmitidas nas redes sociais e aos domingos na TV Brasília, canal 6, a partir das 13 horas.

 

A Secretaria de Esporte e Lazer apoia o evento por meio de termo de fomento no valor de R$ 152.297,45, que custeará parte da estrutura organizacional, como ambulância, brigadistas, staff, banners, arbitragem, limpeza e premiação.

 

ASCOM/SEL