Governo do Distrito Federal
Maria da Penha ONLINE Governo do Distrito Federal
6/10/22 às 11h56 - Atualizado em 31/10/22 às 15h01

Após dois anos em Brasília, JUBs deixa legado esportivo e econômico

 

Evento movimentou R$ 15 milhões de reais na capital federal, além de gerar mil empregos diretos e 6 mil trabalhos indiretos

 

 

Foram apenas 8 dias de evento, mas o JUBs deixou legados esportivo e econômico ao Distrito Federal. Os jogos movimentaram R$ 15 milhões na capital federal, com a contratação de 300 veículos, 40 mil diárias de hospedagem em 24 hotéis e oferta de 84 mil refeições. O evento gerou mais de mil empregos temporários diretos, além de 6 mil contratações indiretas.

 

Ao todo, a Confederação Brasileira do Desporto Universitário (CBDU) investiu R$ 15 milhões no evento em Brasília. “Esta foi a maior edição da história do JUBs e a responsabilidade para os próximos é proporcional. Esperamos, em 2023, fazer jogos ainda melhores e maiores. Nossa missão é avaliar bem o que fizemos aqui, estudar bem a próxima sede, usar nossa criatividade para mantermos esse nível de qualidade”, avalia o presidente da CBDU, Luciano Cabral.

 

Foram 2 edições seguidas de JUBs em Brasília. Em 2021, mais de 4 mil pessoas participaram do evento na capital do país. “Os jogos universitários consolidaram Brasília como a capital do esporte. O que já tinha sido um sucesso na edição passada, se mostrou ainda melhor este ano com o dobro de participantes. A capital recebe de braços abertos os competidores e mantém uma estrutura completa para receber grandes eventos esportivos”, afirma Giselle Ferreira, secretária de Esporte e Lazer do Distrito Federal.

 

O próximo passo da CBDU é definir quais vão ser as sedes do próximo calendário, inclusive da fase final dos Jogos Universitários. “Pretendemos fazer isso até o final de novembro”, confirma Luciano.

 

Foto: Patricy Albuquerue/Light Press/CBDU

 

ASCOM SEL e CBDU