Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
25/07/19 às 10h40 - Atualizado em 25/07/19 às 10h43

Alunos do COP do Riacho Fundo têm aulas sobre cobras

Palestra ensinou sobre a importância do veneno da cobra cascavel e como deve ser feito os primeiros socorros em caso de picada

 

Divulgação

Os alunos do Centro Olímpico e Paralímpico do Riacho Fundo tiveram uma sexta-feira (19) diferente. Durante o programa Esporte nas Férias cerca de 60 alunos do período matutino e 85 do período vespertino tiveram uma aula especial sobre ofídios.

 

O palestrante Whendell Monserrath Ananias, graduado em Gestão Ambiental e técnico em extração de veneno de cobras  fez uma série de atividades com os alunos mostrando a importância das cobras para o homem e o meio ambiente.

 

Com atividade, os alunos aprenderam a diferença entre as espécies de cobras venenosas e não venenosas, técnicas de manejo e extração do veneno, curiosidades como a troca do couro, hábitos, alimentação e habitat. E os mais corajosos puderam tocar e pegar nos animais.

 

Divulgação

Um dos pontos que mais chamou a atenção dos alunos foi quando o palestrante ensinou como deve ser feito os primeiros socorros no caso de picada de algum animal peçonhento.

 

Whendell Monserrath também ressaltou a importância das cobras, principalmente a cascavel, na fauna nacional. E falou sobre os efeitos medicinais do veneno da cascavel, que é utilizado na fabricação de vários remédios, entre eles, o tratamento de pressão alta.

 

“Foi um dia muito importante para os alunos. Foi uma atividade que prendeu a atenção de todos. Agora eles já têm outra visão sobre esses répteis. Sem falar que as cobras são importantes para o equilíbrio da cadeia alimentar. Alimentam-se de roedores, muitos deles nocivos para a espécie humana”, destacou a diretora do COP do Riacho Fundo, Débora Nery.