Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
25/09/20 às 11h58 - Atualizado em 25/09/20 às 12h00

Taguatinga ganhará centro de atividades esportivas

COMPARTILHAR

O modelo de sucesso dos Centros Olímpicos e Paralímpicos pode ser replicado, em breve, em Taguatinga. Em uma parceria inédita com o Serviço Social da Indústria (SESI), a maior unidade da entidade no Distrito Federal abrirá as portas para alunos da rede pública da região administrativa e proximidades para utilizarem no contraturno escolar toda a estrutura de esporte e lazer disponível no espaço. Serão 1,5 mil alunos, entre 8 e 15 anos de idade, que praticarão gratuitamente diversas modalidades.

 

Nesta quinta-feira (24), a secretária de Esporte e Lazer, Celina Leão, realizou uma visita técnica no local ao lado de conselheiros do Conselho de Administração do Fundo de Apoio ao Esporte (CONFAE), da superintendente do SESI/DF, Maria Gricelia Pinheiro de Melo, entre outros representantes da pasta. O SESI de Taguatinga, atualmente, conta com piscinas (de salto, olímpicas e infantil), quadras poliesportivas cobertas e ao ar livre, pista de atletismo de quatro raias, quadra de areia e campo de futebol.

 

“Mais novidades boas estão chegando. A comunidade da nossa querida Taguatinga vai usufruir de uma estrutura imensa, que dá a possibilidade para a prática de várias modalidades, com todo o corpo pedagógico e técnico inclusos. A competência e autoridade do Sistema Fibra/SESI à disposição dos nossos alunos será mais uma realização do nosso time, que trabalha incansavelmente para levar mais qualidade de vida e saúde aos brasilienses”, destaca a secretária de Esporte e Lazer, Celina Leão.

 

As matrículas para novos alunos devem abrir em dezembro, com previsão de início das aulas em janeiro de 2021. No início do projeto serão disponibilizadas aulinhas de futebol de campo, futsal, vôlei de praia, voleibol, futevôlei e natação, sendo elas divididas entre categorias de base e rendimento.  Cada aluno participante vai ter direito a uma alimentação no período que estiver treinando no espaço. Tudo faz parte do investimento da Secretaria de Esporte e Lazer, por meio do Fundo de Apoio ao Esporte (FAE).

 

POR BIANCA MOURA, DA ASSESSORIA DE IMPRENSA DA SECRETARIA DE ESPORTE E LAZER