Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
15/06/21 às 16h16 - Atualizado em 16/06/21 às 11h45

DF conquista oito medalhas no Troféu Brasil de Atletismo

COMPARTILHAR

Marchador Caio Bonfim, destaque do torneio, venceu duas provas. Competição teve 31 corredores de Brasília; 11 deles com apoio do Bolsa Atleta

 

 

O Distrito Federal conquistou oito medalhas na 40ª edição do Troféu Brasil Loterias Caixa de Atletismo, que ocorreu de 10 a 13 de junho, no Centro Olímpico de Treinamento e Pesquisa, em São Paulo. Reunindo 31 competidores da capital federal, sendo 11 beneficiados pelo Bolsa Atleta, programa da Secretaria de Esporte e Lazer (SEL), essa foi uma das últimas oportunidades para os esportistas da modalidade alcançarem índices antes dos Jogos Olímpicos de Tóquio.

 

A turma do Centro de Atletismo de Sobradinho (CASO) fez bonito na competição. Com sua vaga garantida nas Olimpíadas deste ano, após participar de uma competição realizada na Espanha em 2019, onde viajou por meio do Compete Brasília, mais uma iniciativa da SEL, o marchador Caio Bonfim atingiu na prova de 20 mil metros o tempo de 1:20:14.92. A performance lhe garantiu a medalha de ouro e o recorde do campeonato.  Ainda pelo DF, Lucas Gomes de Souza completou o pódio desta marcha, na terceira posição.

 

Na prova dos 35 km, Caio Bonfim garantiu mais um recorde para o currículo, com o tempo de 2:41:27, e ainda deu um show ao lado dos colegas do CASO. Ele, Max Batista Santos e Diego Lima preencheram, respectivamente, os três maiores lugares do pódio. “Após 13 anos, nós conseguimos repetir o feito de colocar três no mesmo pódio. Está mais que consagrado que Brasília é uma escola de marcha atlética”, avalia o presidente do Centro de Atletismo de Sobradinho, João Sena.

 

No feminino, dobradinha do DF no pódio e da marchadora Elianay Santana da Silva Pereira Barbosa, que conquistou medalha de prata na prova de 35 km e medalha de bronze nos 20 mil metros, prova que a brasiliense Gabriela Muniz, do juvenil, ficou com o segundo lugar. Os resultados colocaram o CASO – que levou com recursos próprios 17 atletas ao evento – em quarto lugar e o DF em terceiro, entre as unidades da Federação participantes, no quadro geral de medalhas do masculino.

 

A secretária de Esporte e Lazer, Giselle Ferreira, celebrou o desempenho dos atletas de Brasília. “Todo o trabalho que realizamos ao longo do ano, ao fomentar diversas iniciativas de esporte e lazer, é recompensado com boas notícias como essa, que comprova que investir no esporte sempre dá certo”, destaca. Já João Sena aproveitou o resultado positivo para agradecer aos  patrocinadores, pais dos atletas, treinadores e professores, além do apoio do Comitê Brasileiro de Clubes (CBC).

Leia também...