Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
19/07/19 às 17h57 - Atualizado em 19/07/19 às 17h57

Compete Brasília leva atletas à São Paulo e à Rússia

COMPARTILHAR

Parabadminton Nacional e  Mundial de Ginástica Rítmica Juvenil terão representantes do DF

Divulgação

Três atletas de parabadminton e a treinadora viajam neste fim de semana, de 19 a 21 de julho, para II Etapa Nacional da modalidade, que será realizada no Centro Paralímpico Brasileiro em São Paulo (SP).

 

Roberto Carlos Barbosa, Tárcio Nascimento e Edmar Barbosa treinam com a professora Cristiane Oliveira diariamente no Centro Olímpico e Paralímpico em São Sebastião e vão com força máxima para a competição.

 

Esta etapa nacional vai reunir 58 atletas de todo Brasil e eles vão disputar jogos na categoria principal e classificações Wheelchair (Cadeirante): WH1 e WH2 e Standing (Andantes): SL3, SL4, SU5, SS6 e SI9 e os melhores atletas somarão pontos para o Ranking Nacional.

 

“É uma excelente oportunidade para os atletas conhecerem gente nova e lugares diferentes. Eu espero que eles façam boas partidas e mostrem tudo que a gente treina durante a semana”, contou a professora Cristiane Oliveira, que acompanha os atletas desde 2016.

 

“Eu participo da categoria individual desde 2012. E já competi  várias  vezes em etapas nacionais e regionais e sempre tive  bons resultados. Tenho 59 medalhas em casa”, contou  Roberto Carlos Barbosa.

 

Na etapa passada, no início do ano, em São Paulo, Edmar Barbosa, terminou a competição com a medalha de ouro e está confiante para repetir o resultado. “Estou treinando intensamente no Centro Olímpico de São Sebastião e meu esforço está valendo a pena”, disse.

 

Campeonato Mundial de Ginástica Rítmica

Ana Luisa Passos Neiva, 15 anos, participa até segunda-feira (22) da primeira edição do Campeonato Mundial de Ginástica Rítmica Juvenil, em Moscou, na Rússia. A atleta – que atua no aparelho massas – faz parte da delegação brasileira, que contabiliza dez ginastas, que compete em provas individuais e em equipe. Ela coleciona títulos na modalidade: campeã brasileira juvenil no quadro geral, pentacampeã no Brasiliense de Ginástica Rítmica. “Quero chegar em uma final”, avalia.

 

Compete Brasília – O programa regulamentado pela Lei nº 5.797, de 29 de dezembro de 2016, tem o objetivo de incentivar a participação de atletas e paratletas de alto rendimento em campeonatos nacionais e internacionais. Entre os requisitos para receber o benefício, o atleta precisa ser filiado à federação de sua modalidade, comprovar residência fixa no Distrito Federal há no mínimo dois anos e estar em plena atividade esportiva.