Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
16/07/20 às 14h24 - Atualizado em 16/07/20 às 14h26

Centros Olímpicos e Paralímpicos devem retomar atividades em breve

COMPARTILHAR

As atividades dos Centros Olímpicos e Paralímpicos (COPs) devem retomar as atividades em breve. Mesmo sem uma previsão de início das aulas, os locais podem reabrir as portas de maneira gradual nas próximas semanas. Isso é o que estabelece o protocolo elaborado pela Fundação Assis Chateaubriand (FAC) e entregue para a Secretaria de Esporte e Lazer. As duas instituições são parceiras na gestão pedagógica de sete unidades esportivas.

 

“Esses espaços são um instrumento de saúde, principalmente neste momento de pandemia. Encaminhamos essa sugestão de protocolo para o governo do Distrito Federal, para que a gente possa retomar com segurança, como todas as outras atividades que a gente tem retomado aqui no DF. Acreditamos que até a próxima semana o governo dê a possibilidade de a gente reabrir os COPs”, avalia a secretária de Esporte e Lazer, Celina Leão.

 

A proposta da FAC para o protocolo dos Centros Olímpicos e Paralímpicos é de que a retomada seja gradativa: inicialmente com atividades para alunos de 12 a 59 anos, com exceção daquelas com comorbidades, grupos de risco e pessoas com deficiência. A sugestão é de que as modalidades esportivas coletivas fiquem temporariamente suspensas, até que a situação de saúde pública esteja mais controlada, assim adaptando as aulas à nova realidade.

 

Cerca de 200 profissionais, entre professores e equipe pedagógica da FAC, já passam por treinamento para retomada do trabalho de forma segura. A preparação deu início nesta semana por meio de aulas virtuais, com abordagem de conteúdos que envolvem informações gerais sobre a Covid-19, formas de contágio, sintomas, uso correto das máscaras, cuidados preventivos, exercícios de reflexão, questões emocionais, entre outros temas.