Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
27/05/21 às 14h43 - Atualizado em 27/05/21 às 17h17

Brasília é confirmada como sede dos Jogos Universitários Brasileiros 2021

COMPARTILHAR

O evento acontecerá de 10 a 18 de outubro com a participação de 6 mil pessoas, entre atletas, comissão técnica e voluntários

 

Começou a contagem regressiva para a 68ª edição dos Jogos Universitários Brasileiros (JUBs) – Brasília 2021, que ocorrerá de 10 a 18 de outubro, com a participação de 6 mil pessoas, entre esportistas, comissão técnica e voluntários de todo o país. Nesta quinta-feira (27), no Palácio do Buriti, a Confederação Brasileira de Desporto Universitário (CBDU), com a participação da Secretaria de Esporte e Lazer (SEL), lançou oficialmente a capital federal como sede do evento.

 

A maior competição universitária da América Latina reunirá participantes de todas as unidades da federação, espalhados em mais de 1 mil universidades, que se enfrentarão em 25 modalidades, o que totaliza mais de 90 mil competidores na fase classificatória. Desses, cerca de 4,5 mil conseguirão disputar os JUBs em Brasília. Três meses antes do evento, uma caravana rodará as cinco regiões do Brasil com muito esporte, cultura e educação.

 

As modalidades convencionais estão divididas em atletismo, badminton, basquetebol, futsal, handebol, judô, caratê, wrestling, natação, taekwondo, tênis de quadra, tênis de mesa, voleibol e xadrez. Destaque para acadêmico, que avalia a produção de conteúdo científico dos alunos. No paradesporto são atletismo, badminton, natação e tênis de mesa. E quatro franquias de esports completam a lista: Free Fire, League of Legends, FIFA 2021, CS GO, Clash Royale, Poker.

 

“Seguindo o ditado: a palavra convence, mas o exemplo arrasta. Aqui quero agradecer a presença dos nossos atletas que são modelo de devoção ao esporte e exemplo a ser seguido por tantos jovens. E, mesmo em um momento delicado, como o que vivemos atualmente, o esporte se mostra ainda mais necessário. Vamos trabalhar de hoje até o dia do evento, em conjunto, para entregar a melhor edição possível e com toda a segurança: para os atletas e para nossa cidade”, reforçou a secretária da SEL, Giselle Ferreira.

 

Embaixadores

Estiveram presentes na cerimônia os três atletas olímpicos que atuarão nos JUBs como embaixadores. A primeira mulher brasileira a conquistar uma medalha de ouro olímpica em provas individuais, a ex-velocista e saltadora Maurren Maggi, destacou a importância do retorno seguro dos eventos esportivos. “A gente tem que apoiar o esporte e a educação. Brasília está de parabéns por ter conseguido trazer de volta os JUBs”.

 

O medalhista olímpico no tiro esportivo, Felipe Wu, também destacou a importância da prática esportiva na faixa etária dos universitários. “Desejo sucesso a todos”. A combinação do esporte e da educação universitária foi lembrada pela medalhista na ginástica artística Daiane dos Santos. “Precisamos parabenizar o Governo do Distrito Federal por essa iniciativa que une essas duas áreas tão importantes, como ex-atleta e ex-universitária, estou muito honrada de estar aqui hoje”.

 

 

 

Movimentação da economia local

A expectativa é que, durante os nove dias de competição, sejam injetados R$ 11,7 milhões na economia local, entre hospedagem, transporte, alimentação, comunicação e gastos pessoais de atletas e delegações. As disputas ocorrerão em 25 locais de competição espalhados no Distrito Federal, que deverão ser vistoriados previamente. A CBDU e a SEL definirão, em parceria, os protocolos de segurança sanitária contra a pandemia.

 

Luciano Cabral, presidente da CBDU, avaliou que mesmo o país vivendo um momento delicado por conta da pandemia, Brasília oferece tecnicamente toda a infraestrutura logística necessária para receber qualquer evento de grande porte. A entidade retomou no mês passado as competições esportivas com todos os protocolos de segurança respeitados. “Temos um desafio para organizar esses Jogos na cidade, mas temos certeza que será um grande sucesso. Hoje marcamos na cabeça dos milhares de competidores que se esforçarão para estar aqui em outubro, o destino Brasília”.

 

O vice-governador, Pacco Brito, encerrou a cerimônia de lançamento da competição e reforçou o aspecto econômico que os Jogos Universitários Brasileiro beneficiarão a cidade. “Esporte é educação. O esporte tira as pessoas do mau caminho, dá o caráter e a retidão da pessoa. Nós tínhamos que trazer até para girar a economia do Distrito Federal”. Participaram do evento o ministro da Cidadania, João Roma, deputados federais Júlio César e Luiz Lima, o deputado distrital Rodrigo Delmasso, o secretário de Economia, André Clemente, entre outras autoridades.

 

FOTOS: ALEX ALVES/ASCOM/SEL