Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
12/11/19 às 12h10 - Atualizado em 12/11/19 às 12h11

7º aberto de Brasília de Rugby em Cadeira de Rodas será realizado no COP do Gama

COMPARTILHAR

O Centro Olímpico e Paralímpico (COP) do Gama recebe nos dias 15, 16 e 17 de novembro o 7º aberto de Brasília de Rugby em Cadeira de Rodas.  A competição terá a participação de sete clubes: BSB Quad Rugby, Cetefe Lobos/DF; Gigantes de Campinas (equipes A e B) e uma equipe do Paraguai. A novidade deste ano será a participação do Hospital Sarah Kubitschek com duas equipes na competição, sendo uma masculina e outra feminina.

 

“O 7º aberto de Brasília Rugby é de grande importância para colocarmos em prática tudo que treinamos durante o ano e ainda oferecer oportunidade para novos atletas. Este ano teremos a participação da equipe masculina e feminina da Rede Sarah mostrando mais uma vez que o esporte faz parte da reabilitação e também proporciona a socialização de pessoas que muitas vezes ficam por si mesmas desacreditadas”, comenta Davidson Daniel, presidente da Associação Esportiva e Cultural Brasília Quad Rugby.

 

“Este ano o torneio também vai contar a equipe do Paraguai que torna possível uma integração entre culturas oferecendo a todos grande aprendizado dentro e fora das quadras”, concluiu Davidson.

 

No dia 14 de novembro, um dia antes do torneio, será realizado o Curso de Arbitragem e Classificação Funcional de Rugby em Cadeira de Rodas oferecidos pela Associação Brasileira de Rugby em Cadeira de Rodas (ABRC). As inscrições para  o curso são gratuitas.

 

O 7º Aberto de Brasília é organizado pela Associação Esportiva e Cultural Brasília Quad Rugby, e conta com o apoio da Associação Brasileira de Rugby em Cadeira de Rodas (ABRC).

 

Rugby em Cadeira de Rodas

O Rugby em Cadeira de Rodas é uma modalidade paralímpica praticada no Brasil desde 2008. As deficiências mais presentes nessa modalidade são tetraplegia, amputados e congênitas. A modalidade é praticada na categoria mista, ou seja, podem jogar ao mesmo tempo jogadores do sexo masculino e feminino. O objetivo do jogo é ultrapassar com a posse da bola entre cones dispostos na linha de fundo do adversário. Cada jogador recebe uma pontuação de acordo com seu grau de deficiência, variando de 0.5 (maior deficiência) a 3.5 pontos (menor deficiência). As equipes são formadas por  quatro atletas e a soma dos jogadores não deve ser maior do que oito pontos. Joga-se em quadras de tamanho oficial de basquete e bolas semelhantes às de vôlei.

 

Serviço:

7º aberto de Brasília de Rugby em Cadeira de Rodas

Local: Centro Olímpico e Paralímpico do Gama

Dias: 15 a 17 de novembro

Horário: Nos dias 15 e 16 os jogos serão realizados a partidas das 8h30 da manhã. O último jogo terá início às 18h30.

No dia 17 a disputa para o quinto lugar começa às 8 horas da manhã e a grande final será às 11 horas manhã.

Entrada gratuita